NELSOND

TPA

2009

A Televisão Pública de Angola (TPA) tem como missão prestar o melhor serviço público de televisão, actuando nas vertentes informativa, cultural, desportiva e de entretenimento. 

Com uma história que dura há 45 anos, a sua prioridade continua a ser disponibilizar produtos e serviços televisivos de qualidade, que satisfaçam as necessidades dos seus telespectadores, e que despertem o interesse de investidores e anunciantes.

TPA
valores da marca

Num mundo em permanente mutação, cada vez mais exigente e competitivo, a Televisão Pública de Angola tem assumido o seu diferencial como uma organização convicta em agir com ética, rigor, profissionalismo e respeito pelas normas de comunicação televisiva existentes, inovando cada vez mais os seus serviços e produtos, oferecendo credibilidade nos conteúdos aos seus telespectadores.

Um dos pilares fundamentais da TPA assenta precisamente na firmeza e honestidade dos seus colaboradores no cumprimento das necessidades da sociedade angolana.

produtos e desenvolvimentos futuros

A TPA disponibiliza um vasto portfólio de programas informativos e de entretenimento, enriquecidos com conteúdos sociais, políticos, culturais e económicos. Com uma plataforma tecnológica traduzida em centro de produção com os últimos padrões televisivos, a TPA ambiciona projectar séries, documentários e telenovelas adaptados às novas tendências do mercado.

A televisão inclui ainda, um leque alargado de serviços como Internet, Multimédia e Arquivos que tornam disponíveis uma gama de informações relacionadas com a história da TPA que obrigatoriamente se confunde com a história de Angola.

Como pilar central, os Canais 1,2 e Internacional são os principais intervenientes na divulgação das grelhas de programações, paralelamente aos serviços publicitários, comerciais e institucionais. A TPA conta ainda com noticiários dinâmicos em: desporto, conteúdos históricos, conteúdos de arquivos, sociedade e regiões.

mercado

O Mercado televisivo registou um crescimento exponencial durante a última década, com o surgimento de novas cadeias televisivas, novos serviços, novas tecnologias e novas formas de ver televisão em Angola.

A indústria televisiva angolana revolucionou profundamente o relacionamento entre as pessoas, mudando estilos de vida, hábitos e costumes, promovendo a publicidade como alavanca principal dos negócios no país. Com a entrada de outras cadeias televisivas, o mercado ficou mais competitivo e simultaneamente mais atractivo, enriquecido com outras realidades tecnológicas, nomeadamente o centro de produção da TPA que representa a resposta aos novos desafios da indústria televisiva em Angola.

COMUNICAÇÃO

A TPA descobriu ao longo dos anos que a comunicação interna e externa é fundamental para o crescimento e relacionamento  com os seus colaboradores e parceiros. Várias acções têm sido feitas no sentido de uniformizar e aproximar  a comunicação global da comunicação da Marca. Consequentemente em 2008 deu-se o lançamento da TPA Internacional com maior abrangência a nível mundial, dando a esta Marca mais notoriedade e visibilidade. Uma das ferramentas usadas pela empresa é a TPA Multimedia, que colocou ao dispor do seu público inúmeros conteúdos e serviços interactivos. A TPA como um prestador televisivo público também tem desenvolvido algumas acções de carácter social, realizando torneios desportivos em prol do desenvolvimento do desporto angolano e promovendo a cultura angolana oferecendo espaços para a emissão de spots publicitários.

vantagens competitivas

O novo complexo de estúdios de produção da TPA, é sem dúvida, um dos mais ambiciosos e inovadores projectos na área da comunicação.

Concebido de forma a integrar todas as necessidades de produção televisiva, este projecto tem claramente os olhos no futuro, onde as mais recentes tecnologias de informação, tais como, a televisão digital e a televisão interactiva assumem lugares de destaque.

Com uma área total de terreno de 200.000 m2, o novo centro de produção situa-se nos arredores de Luanda, mais concretamente na zona de urbanização de Camama.

Pensado por especialistas da área e equipado com tecnologia inovadora,  todo o estúdio foi construído em “estrela” para que a acção de todos os técnicos e jornalistas seja facilitada, promovendo assim, sinergias entre as diversas áreas profissionais.

A  inauguração do complexo aconteceu após a conclusão da primeira fase que compreende quatro blocos principais (bloco de serviços administrativos, bloco de dois estúdios de 400m2, bloco dois estúdios de 800m2 e um bloco de restauração), dispostos em forma circular, envolvendo um pátio com espelho de água que servirá de eixo de circulação interna, bem como, de pólo para a realização de eventos sociais e cerimónias ao ar livre.

Este Centro de Produção não só vem colmatar uma grande carência de estúdios nesta região, como também garante a migração da área de produção não informativa da sede e dos diversos estúdios que estavam a ser alugados. Com este novo Centro, a TPA vai poder relançar o seu projecto de ficção nacional.

Cada estúdio está equipado com: sala de controlo, sala de áudio, sala de luzes, obscuradores e todos os serviços e equipamentos necessários em termos eléctricos e mecânicos.

TPA
sabia que?

Em 2019, a TPA lançou a 1.ª Edição da Gala Máscaras de Ouro, um concurso dirigido aos seus profissionais.

O dia 18 de Outubro 2020 marcou o 45.º Aniversário da Televisão Pública de Angola, assinalado com a inauguração da Cidade Técnica "Florindo Ramos", no centro de produção da TPA; com uma Exposição que contou com a presença de antigos Directores e PCA’s da Empresa; e com uma Homenagem aos funcionários que marcaram a história da TPA com o seu empenho, dedicação e profissionalismo.

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
Administradora Executiva da Televisão Pública de Angola: Marketing e Relações Institucionais

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.