Edições

SOL

2011

No início da sua actividade, o Semanário SOL traçou como objectivo a liderança nacional no segmento da imprensa escrita e a conquista de um posicionamento de destaque na vertente online. Em 2015, o Jornal mantém o mesmo objectivo para Angola, ambicionando ainda fortalecer o seu posicionamento de referência no segmento dos semanários lusófonos, com a missão de ser um jornal de informação de referência, pautado pelo rigor, inovação e criatividade editorial.

SOL
valores da marca

O Semanário Sol é um jornal que sempre se pautou por um conjunto de valores muito bem definidos, que não podiam deixar de estar presentes num jornal que desde o seu primeiro exemplar, apresenta um jornalismo livre e isento. É irreverente mas não inconsciente, influente mas não propagandístico, surpreendente mas não sensacionalista, institucional mas não convencional.

produtos e desenvolvimentos futuros

O Semanário Sol é composto por um jornal (caderno principal), acompanhado de vários suplementos que abordam as mais diversas e atuais temáticas.O "Primeiro Caderno" tem o melhor dos bastidores da política e da investigação jornalística. O "Confidencial" é um suplemento com toda a atualidade relacionada com Economia e Negócios. A "Caju", uma revista com entrevistas estimulantes e reportagens surpreendentes. A "Trabalho & Lazer e Casas & Ideias", uma revista única de duas faces, lançada no início de 2011. Uma das faces é dedicada ao Emprego & Lazer e a outra a Casas & Ideias.

O Semanário Sol dispõe de um website com toda a atualidade noticiosa Angolana que complementa a edição em papel.

As novas plataformas e o "e-paper" são um projeto que vem complementar as versões em papel e online do Semanário Sol, este tem por base a utilização de novas plataformas (iPad, iPhone, Tablets e Smartphones), alargando a comodidade e a facilidade de acesso aos conteúdos noticiosos divulgados pelo Semanário Sol.

Existe igualmente um projeto para desenvolvimento de uma versão "e-paper" do Semanário Sol.

mercado

Há cerca de dois anos presente no mercado angolano, o Semanário Sol tem assistido ao potencial de crescimento existente. Os leitores têm sido confrontados com o aumento de títulos, mas também com uma melhoria gráfica considerável. Esse salto qualitativo, do conteúdo e da forma, resulta num estímulo constante para a equipa do Semanário Sol. O facto de se assumir como um jornal da Lusofonia, logo não exclusivamente angolano, constitui uma mais valia que se destaca no momento da aquisição. O lançamento da ‘Caju’, em meados de fevereiro deste ano, constituiu mais um passo no sentido de ‘angolanizar’ cada vez mais os conteúdos que compõem o jornal. A distribuição é uma das dificuldades deste mercado, o que afeta um dos objetivos do Semanário Sol que é a sua divulgação geográfica o mais ambiciosa possível. O esforço colocado no desenvolvimento do país faz o Sol acreditar que essa meta é possível, além de desejável.

COMUNICAÇÃO

A comunicação adotada pelo Semanário Sol, está divida em duas vertentes, sendo que ambas têm um valor estratégico preponderante. A "Comunicação aos Leitores" tem como principal objetivo aumentar a notoriedade da Marca junto dos leitores. Para tal, foram desenvolvidas duas abordagens diferentes: na primeira destacam-se os valores (exemplo: isenção) e posicionamento do Sol para o mercado (leitores). Na segunda, optou-se por promover as ações de marketing de fidelização, como seja o desenvolvimento de coleções que são oferecidas juntamente com a compra da edição, e implementadas ao longo do ano. Por norma, são ações direcionadas aos mais jovens (exemplo: coleções de DVD’s, coleções de livros, coleções de cromos com personagens conhecidas, etc.). É uma comunicação desenvolvida em suportes “Above-the-line” (televisão, rádio, imprensa e rede de exterior) e “Below-the-line” (material no ponto de venda).

A segunda vertente é a "Comunicação aos Anunciantes". Esta vertente, focada
e direcionada aos anunciantes e potenciais anunciantes, pretende realçar todo um conjunto de vantagens competitivas que o Semanário Sol oferece face aos seus concorrentes diretos e indiretos, tendo em vista a captação de uma importante parcela do investimento publicitário (exemplo: o facto de ir para as bancas à sexta-feira em simultâneo em Portugal, Angola, Cabo Verde e Moçambique). É uma comunicação desenvolvida em suportes "Below-the-line" (e-mail marketing, newsletters,
ações focadas e desenvolvidas junto dos principais anunciantes).

vantagens competitivas

A edição de 2011 dos prémios Papies, distinguiu o Semanário Sol através de uma menção honrosa para melhor impressão.

Estes prémios, são uma iniciativa da Revista do Papel, e tem como objetivo distinguir a qualidade dos trabalhos gráficos realizados pelas empresas do sector.

SOL
sabia que?

O Jornal SOL também faz outros trabalhos editoriais, como a Revista VIVA!, da TVCabo Moçambique; o anuário da AIA – Associação Industrial de Angola; a Revista DWINE, da distribuidora Atlanfina; entre outros.

O SOL é  parceiro das empresas organizadoras de feiras – Eventos Arena e FIL (Feira Internacional de Luanda).

O Semanário elabora os cadernos oficiais temáticos das feiras, que são depois distribuídos juntamente com o Jornal, em Portugal e Angola.

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.