NELSOND

Edições

RADIO MAIS

2019

A RÁDIO MAIS nasceu em Luanda, em 2008, e rapidamente chegou a Benguela, Huambo e Huíla. Apesar da sua juventude, é uma das estações mais populares do panorama radiofónico nacional, suportada por um posicionamento distintivo.
É detida pelo grupo Media Nova, que também lançou no mercado os jornais O País e Semanário Económico, a revista Exame
e o canal TV Zimbo.

RADIO MAIS
valores da marca

“A Rádio da Nova Angola”, como é usualmente designada, incorpora os valores que norteiam o Grupo Media Nova. A sua visão é consolidar e melhorar permanentemente o seu projecto de informação, formação e entretenimento. Um projecto moderno e atento à sociedade, assente na diversidade de conteúdos e nos diversos pluralismos – político, social, económico, cultural, religioso, entre outros - que constroem uma sociedade. Simultaneamente, a Rádio mantém--se diferenciadora e credível, o que lhe permite manter uma relação de grande confiança com os seus ouvintes e clientes. Os valores da RÁDIO MAIS sintetizam-se na transparência do desempenho, no compromisso com a verdade, na disponibilidade e na permanente accountability da actividade e do desempenho. São estes os valores que lhe permitem afirmar-se como a “Voz da Nova Angola”.

produtos e desenvolvimentos futuros

A RÁDIO MAIS é a rádio comercial generalista do maior grupo angolano de comunicação social, o Grupo Media Nova, que detém nos seus activos a primeira televisão privada, a TV Zimbo; o primeiro diário privado lançado desde a independência de Angola, O País; e a revista de economia e negócios, a revista Exame.

A Marca está presente em quatro províncias - Luanda, Benguela, Huíla e Huambo -, que respondem à estratégia de expansão e consolidação dos produtos do Grupo Media Nova. A Rádio posiciona-se no mercado com uma linguagem cuidada, urbana e directa. Ecléctica em toda linha, difunde uma programação segmentada e diversificada, transversal às diversas audiências, dando assim destaque à dinâmica social, política e cultural do país.

Nos dez anos de intervenção no mercado, tornou-se uma referência no panorama radiofónico angolano. Durante esta década, a RÁDIO MAIS deu voz a inúmeros protagonistas políticos, empresários, empreendedores, gestores de topo e, sobretudo, ao cidadão anónimo. Os grandes projectos, os acontecimentos e factos relevantes mereceram a sua cobertura jornalística e programas especiais. Protagonizou eventos culturais e formativos, como o concurso musical Os Afilhados, concertos íntimos e conferências; inovou e criou modelos de actuação no mercado publicitário, mantendo activa a matriz criativa dos seus profissionais. Os conteúdos da sua programação, com produções originais, integram uma selecção dos factos mais relevantes da esfera pública, dando voz aos problemas sociais, políticos, económicos, culturais, desportivos, entre outros.

mercado

A radiodifusão de cariz generalista em Angola prosperou a partir de 1992, coincidindo com o momento político do país. Na altura, o mercado era dominado apenas pela Rádio Nacional de Angola, Luanda Antena Comercial, Rádio Cinco e Rádio Luanda.

Em 2008 surgem uma série de novos projectos radiofónicos, alavancados na ideia de construção de uma Nova Angola. Entre eles, a Rádio Escola, a Cazenga e a UNIA. Quando a RÁDIO MAIS iniciou a sua actividade, o mercado estava repleto de rádios muito similares. E foi nesse ambiente extremamente competitivo que a Marca surgiu e se demarcou das demais, afirmando-se como a “Rádio da Nova Angola”. O posicionamento da estação, que se sustenta na diferenciação, faz da RÁDIO MAIS a Marca da Diferença, que surgiu para ocupar uma zona vazia no panorama radiofónico angolano, que encontra público em todas as classes.

Dez anos de actuação constituem no mercado angolano um registo de longevidade, que no caso da RÁDIO MAIS é uma década de rigor, qualidade e inovação que os seus profissionais incorporam quotidianamente nos conteúdos que produzem. Toda a equipa da RÁDIO MAIS está sensível e disponível para adaptar o seu trabalho diário aos diferentes ritmos que marcam a sociedade angolana, acreditando que só assim se constrói um projecto de comunicação social verdadeiramente sólido.

COMUNICAÇÃO

A RÁDIO MAIS encontra o seu público em todos os sectores e áreas do tecido social angolano. Ecléctica em toda a linha, os seus conteúdos dirigem-se quer ao mais simples cidadão como aos decisores e empresários, aos líderes de opinião e especialistas, governantes e comunidade universitária, sem descurar a audiência, via Internet, da diáspora.
E é essa, exactamente, a sua natureza: precisa e exigente, diversa nos temas que aborda e que marcam o panorama social angolano, colocando o máximo rigor no tratamento de questões específicas, privilegiando o diálogo aberto, verdadeiro, franco e solto com a sociedade.

O modelo de programação da RÁDIO MAIS, para além de uma imagem radiofónica focada na diversidade e transversalidade na criação de conteúdos, assenta numa base de comunicação inovadora, sustentada numa grelha criativa e apelativa, voltada para os seus anunciantes e preocupada com os seus ouvintes, o que lhe assegura um lugar destacado na informação nacional.

Sempre que as exigências editoriais e a sua audiência assim o impõem, a RÁDIO MAIS produz emissões especiais que abordam a política nacional, a sustentabilidade, a economia e a cultura, ou mesmo outras questões que permitem melhorar a qualidade de vida dos angolanos, como foi o caso do plano metropolitano de Luanda, tratado no âmbito de uma conferência promovida pela própria estação. A RÁDIO MAIS, sempre que convidada, participa em várias conferências, workshops e fóruns, assumindo-se como media partner de grandes eventos.

vantagens competitivas

É assente numa ideia simples que se constrói o grande trunfo da RÁDIO MAIS: conhecer a audiência e o mercado e, assim, conseguir oferecer o mais competitivo e desejado serviço de rádio. O que oferece aos seus ouvintes é um produto em que uma linguagem cuidada, urbana e directa se tornou o seu principal instrumento de comunicação, o que, associado ao facto de se tratar de uma Marca que desde o início se propôs retratar a Nova Angola, garante uma informação de excelência e uma programação atraente que diariamente faz chegar aos seus ouvintes.

RADIO MAIS
sabia que?

• No início, a RÁDIO MAIS chegou a ter 21 horas de música por dia.

• Os canais provinciais da RÁDIO MAIS emitem12 horas de conteúdos de informação e entretenimento, produzidos localmente.

• O espaço de trânsito do programa Grande Informação, já chegou a receber 4 mil sms dos condutores, ao longo das suas quatro horas de emissão.

• Conversas com Vagar recebeu uma reclamação inesperada. Uma ouvinte confessou que o marido, que a acompanhava há 20 anos à missa das
9 horas, passou a ir sozinho à das 6h para não perder o programa que ele segue religiosamente.

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.