TPA

2020

A Televisão Pública de Angola (TPA) tem como missão prestar o melhor serviço público de televisão, actuando nas vertentes informativa, cultural, desportiva e de entretenimento. 

Com uma história que dura há 45 anos, a sua prioridade continua a ser disponibilizar produtos e serviços televisivos de qualidade, que satisfaçam as necessidades dos seus telespectadores, e que despertem o interesse de investidores e anunciantes.

TPA
valores da marca

Os valores da TPA são inquestionáveis e sempre adequados às tendências e expectativas dos seus telespectadores: Isenção, Pluralismo, Credibilidade, Confiança e Inovação. O seu prestígio, adquirido ao longo dos anos, deve-se ao percurso vitorioso da Marca TPA, bem como às conquistas das outras Marcas da Empresa. A TPA assume integralmente o seu papel de empresa pública, cujo sucesso está assente no progresso e desenvolvimento sustentável da Empresa.

Num mundo em permanente mutação, cada vez mais exigente e competitivo, a TPA posiciona-se como uma organização que direcciona a sua actividade na busca da qualidade dos produtos e serviços que presta à sociedade. Esta é a base de todo o trabalho de reestruturação que está actualmente em curso na Empresa, com o objectivo de se colocar à altura dos novos desafios que o mercado apresenta, transformando a Marca TPA num símbolo de credibilidade, em que todos os angolanos se possam rever. O seu principal objectivo continua a ser posicionar-se como sempre se posicionou: a televisão de todos os angolanos e para todos os angolanos. "TPA somos todos nós" é uma máxima da Empresa, uma expressão da empatia com os seus telespectadores, que são a razão da sua existência.

produtos e desenvolvimentos futuros

A TPA comemorou o seu 45.º aniversário no dia 18 de Outubro de 2020. Com 66 programas, dos quais 10 informativos, distribuídos entre os seus 3 canais – TPA1, TPA2 e TPA Internacional –, a TPA continua a assumir como principais objectivos: garantir uma programação de referência, qualitativamente exigente e promotora da valorização cultural e educacional dos cidadãos; assegurar que os residentes em território nacional tenham acesso aos seus serviços e programas; emitir programas no canal internacional que demonstrem as potencialidades turísticas do País, os seus valores culturais e as suas oportunidades
de investimento.

A Empresa conta actualmente com mais de 2200 colaboradores nas suas 18 Delegações Provinciais, mas é em Luanda que se concentram o maior número de colaboradores e o maior Centro de Produção. Localizado no distrito urbano de Camama, este Centro inaugurado em 2008, conta com cinco estúdios totalmente dedicados à produção de conteúdos próprios. 

A TPA pretende reforçar a sua posição de liderança no mercado de informação nacional, através do lançamento em breve de um Canal de Notícias. No âmbito da melhoria contínua na oferta de conteúdos, estão igualmente previstas alterações nas grelhas de programação dos seus canais, com mais informação, mais desporto e mais entretenimento. Essas alterações incluem ainda a entrada de novos conteúdos infantis, e a aquisição de conteúdos desportivos nacionais e internacionais, para que os telespectadores da TPA continuem a ter orgulho na Televisão que fez sempre parte do coração dos angolanos.

Para além destes lançamentos, são muitas as razões que mantêm a Empresa na linha da frente, como a Televisão de todos os angolanos. Entre elas: o recente apetrechamento tecnológico do seu arquivo, incluindo a sua digitalização através de equipamento adquirido para a transcrição digital do material analógico; a criação de um modelo de negócio comercial para esse mesmo arquivo; e o lançamento do novo site TPA, que renova a sua presença nas plataformas digitais.

mercado

Embora este ano tenha havido um abrandamento da economia angolana, que afectou o crescimento do mercado de Televisão, devido ao já esperado declínio das receitas publicitárias, os resultados da TPA superaram as expectativas. No entanto, o Conselho de Administração, tendo em conta os desafios que se colocavam, definiu como estratégia a redução dos custos operacionais, com base na busca de parcerias estratégicas mutuamente vantajosas. Esta estratégia da TPA ambiciona, no mais curto espaço de tempo, permitir a realização dos investimentos necessários para a melhoria da qualidade do serviço que oferece a todos os telespectadores, nomeadamente, a renovação da sua planta técnica e a digitalização do seu sinal, que confere uma maior qualidade às imagens que transmite.

O mercado televisivo enfrenta hoje enormes desafios e factores como a instabilidade do mercado cambial e a inflação, criam severas dificuldades aos operadores económicos. Estas dificuldades são ainda agravadas pelas restrições impostas pela COVID-19, que levam os principais anunciantes a reduzir os seus investimentos nos meios convencionais, favorecendo em vez disso, outras estratégias de comunicação que representam um menor investimento. Ainda assim, a TPA conseguiu criar novos pacotes e modelos de comercialização dos seus espaços televisivos. Adaptou-se ao contexto actual e identificou novos nichos de mercado, graças à criatividade dos seus recursos humanos.

COMUNICAÇÃO

A assinatura "TPA somos todos nós", é uma demonstração clara da preocupação da Marca com os seus stakeholders. Uma prova desse compromisso é a recente criação dos Gabinetes do Provedor do Telespectador e do Funcionário. Outro exemplo, desta vez para reforçar o orgulho dos colaboradores em relação à Empresa onde trabalham, foi a iniciativa do conselho de administração que homenageou os seus principais activos, "os Recursos Humanos", no 45.º aniversário da TPA. Desenvolveu um logótipo que incorpora o nome de todos os funcionários da Empresa, reforçando o sentimento de pertença e o conceito de família, subjacente à Instituição. Esta ideia evoluiu também para outras plataformas digitais e redes sociais, chamando atenção para os novos talentos da casa.

vantagens competitivas

A experiência adquirida ao longo dos anos, na construção e manutenção de estúdios e na cobertura de grandes eventos – como deslocações presidenciais ao interior e exterior do País, grandes eventos culturais e religiosos, entre outros –, representam factores de competitividade da Marca TPA. Entre as suas vantagens competitivas, encontram-se também: o lançamento de conteúdos e rubricas inovadoras, com a TPA a ser pioneira na transmissão de lives com o projecto "Live no Kubico", que deu voz a grandes talentos da música nacional; a recente inauguração da cidade técnica, que representa uma evolução tecnológica, tanto na produção, como na difusão; e o novo portal lançado recentemente por ocasião do aniversário da TPA, que oferece uma oportunidade ímpar para a Empresa marcar presença nas redes sociais, dando novos acessos aos conteúdos da Marca.

TPA
sabia que?

Em 2019, a TPA lançou a 1.ª Edição da Gala Máscaras de Ouro, um concurso dirigido aos seus profissionais.

O dia 18 de Outubro 2020 marcou o 45.º Aniversário da Televisão Pública de Angola, assinalado com a inauguração da Cidade Técnica "Florindo Ramos", no centro de produção da TPA; com uma Exposição que contou com a presença de antigos Directores e PCA’s da Empresa; e com uma Homenagem aos funcionários que marcaram a história da TPA com o seu empenho, dedicação e profissionalismo.

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
Administradora Executiva da Televisão Pública de Angola: Marketing e Relações Institucionais

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.