NELSOND

TPA

2011

A Televisão Pública de Angola (TPA) tem como missão prestar o melhor serviço público de televisão, actuando nas vertentes informativa, cultural, desportiva e de entretenimento. 

Com uma história que dura há 45 anos, a sua prioridade continua a ser disponibilizar produtos e serviços televisivos de qualidade, que satisfaçam as necessidades dos seus telespectadores, e que despertem o interesse de investidores e anunciantes.

TPA
valores da marca

A TPA está presente na maioria dos lares de Angola, com os três canais que emite diariamente: TPA 1, generalista e principal canal da estação; TPA 2, com enfoque no entretenimento e juventude; e a TPA Internacional, para atender a diáspora angolana, promovendo deste modo a imagem de Angola  além fronteiras.

Num mundo em permanente mutação, cada vez mais exigente e competitivo, a TPA assume-se como uma organização que direciona a sua atividade na busca de qualidade dos produtos e serviços que presta à sociedade. É neste pilar que assenta todo o trabalho de reestruturação a que a empresa tem sido submetida nos últimos tempos, com o objetivo de se colocar  à altura dos novos desafios que o mercado apresenta, transformando a Marca TPA num símbolo de credibilidade, em que todos os angolanos se possam rever.

produtos e desenvolvimentos futuros

Do vasto portfólio da programação da TPA, destacam-se os programas informativos e de entretenimento, com o propósito de diversificar ao máximo os conteúdos e ir de encontro às necessidades de um público cada vez mais exigente, fazendo face à concorrência da televisão privada em sinal aberto e quatro distribuidores de serviços por satélite e cabo. No quadro da preocupação permanente em melhorar a sua oferta de conteúdos, a TPA tem reestruturado gradualmente as suas grelhas, lançando novos programas que têm como divisa principal a melhoria dos serviços de informação e entretenimento, operando em simultâneo uma mudança de todo o visual das suas programações. Ressurgiu igualmente a revista TVEJA que já havia sido bastante popularizada e com um segmento de mercado bem definido. O Magazine, que se pretende mais moderno e atraente sob o ponto de vista gráfico e de conteúdos, tem como meta principal a divulgação da programação dos distintos canais da estação, o trabalho quotidiano dos seus funcionários, assim como outros temas ligados ao fascinante mundo da televisão e do interesse dos telespetadores.

Também se procedeu. à renovação do website da TPA, tendo agora um novo layout, bastante mais interativo, dinâmico. e funcional.

mercado

O mercado televisivo em Angola registou um crescimento assinalável na última década. A indústria televisiva angolana revolucionou profundamente o relacionamento entre as pessoas, mudando estilos de vida, hábitos e costumes. Impulsionou a publicidade como alavanca importante no desenvolvimento dos negócios, potenciando igualmente o investimento estrangeiro. Com a entrada em atividade de novos canais de televisão em Angola, o mercado tornou-se mais competitivo e atrativo, aumentando as opções para os telespetadores.

COMUNICAÇÃO

A TPA descobriu ao longo dos anos que a comunicação interna e externa é fundamental para o crescimento e relacionamento com os seus colaboradores e parceiros. Várias ações têm sido feitas no sentido de uniformizar e aproximar a comunicação global da comunicação da Marca. 

Consequentemente em 2008 deu-se o lançamento da TPA Internacional com maior abrangência a nível mundial, dando a esta Marca mais notoriedade e visibilidade. Uma das ferramentas usadas pela empresa é a TPA Multimedia, que colocou ao dispor do seu público inúmeros conteúdos e serviços interativos.

A TPA como um prestador televisivo público também tem desenvolvido algumas ações de caráter social, realizando torneios desportivos em prol do desenvolvimento do desporto angolano e promovendo a cultura angolana oferecendo espaços para a emissão de spots publicitários.

vantagens competitivas

O novo centro de produção da TPA, situado na nova urbanização de Camama, nos arredores de Luanda, é um dos mais importantes projetos para o crescimento e desenvolvi-mento da Empresa, e um significativo marco no processo de produção para o futuro.

Concebido de forma a integrar todas as necessidades de produção televisiva, este projeto tem claramente os olhos no futuro, onde as mais recentes tecnologias de informação, tais como equipamentos digitais e ferramentas interativas, assumem lugares de destaque.

Com uma área total de 200.000 m2, foi pensado por especialistas de referência e equipado com  tecnologia inovadora.

A inauguração do Centro de Produção de Camama aconteceu após a conclusão da primeira fase, em setembro de 2008.
O complexo tem quatro blocos principais (bloco administrativo, blocos de dois estúdios de 400 m2, blocos de dois estúdios de 800 m2, e um bloco de restauração), envolvendo um pátio com espelho de água que servirá de eixo de circulação interna, bem como de pólo para a realização de eventos sociais, filmagens e cerimónias ao ar livre. Este Centro de Produção não só vem colmatar uma grande carência de estúdios nesta região, como também garante o relançamento dos conteúdos ficcionais na TPA.

Em suma, apostando na modernização que tem a digitalização como eixo principal, na reestruturação global da empresa, na formação permanente dos quadros, na melhoria qualitativa da sua programação, e na extensão e melhoria da qualidade do seu sinal em todo o território nacional, a TPA está a criar as premissas essenciais para estar à altura dos desafios que a locomotiva do desenvolvimento impõe a Angola e a todo o seu povo.

TPA
sabia que?

Em 2019, a TPA lançou a 1.ª Edição da Gala Máscaras de Ouro, um concurso dirigido aos seus profissionais.

O dia 18 de Outubro 2020 marcou o 45.º Aniversário da Televisão Pública de Angola, assinalado com a inauguração da Cidade Técnica "Florindo Ramos", no centro de produção da TPA; com uma Exposição que contou com a presença de antigos Directores e PCA’s da Empresa; e com uma Homenagem aos funcionários que marcaram a história da TPA com o seu empenho, dedicação e profissionalismo.

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO

ANA EDITE PINTO FERREIRA RIBEIRO
Administradora Executiva da Televisão Pública de Angola: Marketing e Relações Institucionais

contactos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.